Graduação

Engenharia de Produção

> Grade

> Corpo Docente


Coordenação: Luis Carlos Queiroz Pimenta

Valor da mensalidade em 2017: R$797,00


Sobre o curso           

Compete à Engenharia de Produção o projeto, a operação, a melhoria e a manutenção de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, materiais, tecnologia, informação e energia. Compete ainda especificar, prever e avaliar os resultados obtidos destes sistemas para a sociedade e meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, física, ciências humanas e sociais, juntamente com os princípios e métodos de análise e projeto da engenharia.

Fonte: ABEPRO


O curso na FASAR 

No começo, o curso enfoca discplinas básicas de engenharia, como cálculo física, química e informática. Depois entram as matérias específicas de produção, como planejamento da produção, Logistica, organização do trabalho, economia,  pesquisa operacional. Nos últimos anos, acrescentam-se discplinas de administração, como gestão de projetos, desenvolvimento e novos produtos, controle estatistico, sistema de apoio a decisão, consultoria empresarial.  E  para o final, o aluno começa a desenvolver a monografia de fim de curso e o relatorio de estagio supervionado, que são obrigatorios para a conclusão do curso.

O engenheiro de produção, formado pela Faculdade "Santa Rita" - FASAR- tem uma sólida formação científica e profissional geral que o capacita a identificar, formular e solucionar problemas ligados às atividades de projeto, operação e gerenciamento do trabalho e sistemas de produção de bens e/ou serviços, considerando seus aspectos humanos, econômicos, sociais e ambientais com visão ética e humana em atendimento às demandas da sociedade
.

O mercado de trabalho

Devido a sua forte visão sistemica, o engenheiro de produção consegue visualizar as necessidades do mercado e implantar as inovações tecnologicas e/ou gerenciamento para mater a competitividade da empresa neste mercado de grande concorrencia.  Alem disso, as tecnicas da engenharia de produção deixaram de ser usadas somente em ambientes industrias, como na primeira metado do seculo passado,  e passou a ser aplicado tambem ao setor de serviços, como bancos, hospitais, sistemas de transporte etc. Assim, observa-se uma ampliação no campo de atuação dos profissionais formados nos cursos de Engenharia de Produção.

NDE - Núcleo Docente Estruturante

O Núcleo Docente Estruturante - NDE - é composto pelo coordenador e por docentes do curso de Engenharia de Produção. O objetivo principal do NDE é auxiliar o Colegiado do Curso de Engenharia de Produção na consolidação do Projeto Pedagógico de Curso de acordo com a legislação vigente. O NDE está constituído por docentes de elevada formação e titulação, contratados em tempo integral e parcial, que trabalham a organização didático-pedagógica do Curso: construção e acompanhamento do projeto pedagógico do curso; acompanhamento dos resultados no ensino-aprendizagem do projeto pedagógico; revisão das ementas e conteúdos programáticos; indicação de cursos a serem ofertados em nível de atividade complementar como forma de nivelar o aluno ingressante ou reforçar o aprendizado; propor ações em prol de melhores resultados no ENADE; criação, implantação e manutenção dos grupos de trabalho e pesquisa; criação e implantação de projetos de extensão e de atividades interdisciplinares; e atendimento aos discentes.

Colegiado de curso

A coordenação didática do Curso de Engenharia de Produção está a cargo do Colegiado do Curso, constituído pelos docentes que ministram disciplinas do currículo do curso, pelo Coordenador do Curso e por um representante do Corpo Discente.

Atividades complementares

As atividades complementares são concebidas para propiciar ao aluno a oportunidade de realizar, em prolongamento às demais atividades do currículo, uma parte de sua trajetória de forma autônoma e particular, com conteúdos diversos que lhe permitam enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso de graduação. Algumas atividades realizadas pelos alunos do curso de Engenharia de Produção da FaSaR:
  • Participação em congressos, eventos e seminários;
  • Visitas técnicas;
  • Monitorias;
  • Projetos desenvolvidos juntamente com a comunidade;
  • Pesquisas de iniciação científica.


LAGOIS - LABORATÓRIO DE PESQUISA EM GESTÃO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS E DE SERVIÇOS - LAGOIS

Faculdade Santa Rita - FASAR implantou o Laboratório de Pesquisa em Gestão de Operações Industriais e Serviços (LAGOIS) para ampliar as ferramentas didático-pedagógicas utilizadas atualmente no Curso de Engenharia de Produção. O objetivo do LAGOIS é alicerçar e estimular o ensino e o desenvolvimento de pesquisas científicas e de extensão do Curso de Engenharia de Produção. Mais além, almeja buscar a implementação de mecanismos de aproximação e/ou aumento das relações Universidade-Empresa por meio do desenvolvimento de projetos focados na realidade e necessidades das empresas industriais e de prestação de serviços.