EFEITOS DO TREINAMENTO RESISTIDO NOS PARÂMETROS DE SÍNDROME METABÓLICA

UMA REVISÃO NARRATIVA

  • Lucas Rogério Caldas Faculdade Santa Rita
  • Mateus Sírio Faculdade Santa Rita - FASAR
Palavras-chave: Síndrome Metabólica, Exercício Físico, Musculação

Resumo

Esta pesquisa surgiu perante a necessidade de melhor compreender a síndrome metabólica, e consequentemente, o que ela causa à população por ela afetada, buscou-se identificar os efeitos e consequências que a síndrome metabólica causa no bem-estar e nos fatores da qualidade de vida e como o treinamento resistido pode influenciar estes aspectos. Este estudo tem como objetivo investigar os efeitos do treinamento resistido sobre a aspectos de saúde e qualidade de vida de pessoas com síndrome metabólica. O estudo foi caracterizado como uma pesquisa de revisão bibliográfica narrativa, na qual buscou-se estudos já publicados em bases de dados científicas, referentes aos efeitos do treinamento resistido sobre a qualidade de vida de pessoas com síndrome metabólica, onde foi possível identificar como benefícios da prática de exercícios, redução significativa da gordura abdominal, peso corporal, índice de massa corporal, circunferência abdominal, níveis de glicose sanguínea e triglicerídeos, normalização dos níveis pressóricos e níveis adequados de colesterol HDL. Notou-se que os efeitos do treinamento resistido sobre qualidade de vida de pessoas com síndrome metabólica contribui na prevenção de diversas doenças como diabetes, artrites e problemas cardíacos em geral, onde o fator mais relevante e benéfico está na melhora dos aspectos de saúde e qualidade de vida.

Publicado
2021-05-11